Ação do Coração ocorre simultaneamente em Santos, Recife, Santa Maria e chega a outros países

 A solidariedade que preencheu a Praça Mauá, em Santos, de corações no ano passado, será multiplicada para outros espaços hoje, sexta-feira, 2 de agosto, Dia da Ação do Coração. O evento da Associação Eduardo Furkini (AEF) chega ainda esse ano a Santa Maria (RS), Recife (PE), como também em pontos de outros continentes: Londres (Inglaterra), Hanoi (Vietnã) e em orfanatos no Senegal e na Nigéria.



Em 2012, 26 mil pessoas se reuniram no encontro e mais de 60 mil corações foram confeccionados de forma artesanal pela sociedade. O idealizador do evento, Alexandre Camilo, afirma: “Esperamos que, durante esse período, as pessoas reflitam sobre suas atitudes, pois é o ‘tempo presente: de perdoar, de doar, de paz’”, parafraseando o atual tema da campanha. Sua mãe Regina Gonçalves, presidente da AEF, emociona-se: “Eu só tenho a agradecer aos santistas, por aceitarem levar tanto amor e carinho para dentro e fora da Cidade”.



 Já a voluntária Sílvia Maria Papa se comove com a chegada da Ação em Santa Maria: “Viúvas são aquelas que perdem os maridos, órfãs são aquelas que perdem os pais, mas como chamamos aquelas que perdem os filhos? É uma dor tão indescritível. Espero levar a esperança para as mães e familiares das vítimas de lá”. Por sua vez, o embaixador Marcelo Quintela promoverá oficinas de costura em orfanatos no Senegal e na Nigéria. “lá, eles começaram uma oficina de confecção, de modo que crianças cristãs e muçulmanas troquem corações”.



 Agenda Santos:



 Local: Praça Mauá – Centro Histórico – Santos/SP
Ingresso: Gratuito para todas as atividades
 
11h40 – Apresentação Letícia Henrique e Rodrigo Martinez


11h55 – Concentração – Alegria, Fé e Esperança em três corações


12h – A tradicional sirene do Jornal A Tribuna fará uma homenagem a Ação do Coração, prolongando o seu toque neste dia, dando início a Ação


12h02 – Apresentação da Orquestra do Instituto Pão de Açúcar – Regência de Renata Jaffé


12h30 – Saudação de Coração – Regina Assunção, Presidente de Honra da
Associação Eduardo Furkini – AEF, Paulo Alexandre Barbosa, Prefeito de Santos,
Inês Barbosa, Presidente do Fundo Social de Solidariedade,
e a atriz Claudia Alonso saúdam o público


12h40 – Três Canções de Coração para Eduardo Furkini – Coral Infantil da Associação Veredas e da Escola de Música Katia Boccato –
Regência de André Heryson – Pianista Suelen Arcanjo


12h50 – Sete Notas Musicais para Sete Cidades do Coração
com o saxofonista Caio Mesquita


13h – Um grande tapete de corações cobrirá o chão da Praça Mauá e 12 tendas simbolizando os 12 meses do ano estarão ao redor da praça. Em cada uma delas, será homenageada uma força de paz. No seu interior, três representantes de cada corporação mais os voluntários da AEF farão a entrega de dois corações para cada pessoa,
um para si e outro para presentear alguém querido.
No local, voluntários orientarão a circulação do público


14h – O Remédio do Amor – A apresentação do cantor Sebastian marcará a saída dos atores da Cia de Teatro Era Uma Vez e dos voluntários da AEF para doar corações
aos enfermos internados nos hospitais


14h30 – Caminhada do Coração – O público será convidado a seguir caminhando em direção ao Santuário Santo Antônio do Valongo carregando corações e espalhando amor pelas ruas de Santos, ao som de Didi Gomes e Ayrton do Violão. Itinerário: Saída da Praça Mauá, seguindo pela rua General Câmara, em direção à rua do Comércio, terminando no  Santuário Santo Antônio do Valongo – Largo Marquês de Monte Alegre, 13 – Centro Histórico – Santos/SP



15h – Paz no Coração – Ato Inter-Religioso no interior do Santuário.
Representantes de diferentes religiões, unidos de coração, com um único objetivo: A Paz.
Local: Largo Marquês de Monte Alegre, 13 Centro Histórico – Santos/SP


15h30 – Encerramento – Gratidão que vem do Coração, com Alexandre Camilo e o Quarteto de Cordas Eduardo Furkini, formado por bolsistas da AEF
 
Ação do Coração – Criada em 2012, a iniciativa de Alexandre Camilo foi uma oportunidade de estimular a solidariedade da população e também de homenagear seu irmão, Eduardo Furkini, que faleceu em decorrência de problemas cardíacos. A Associação Eduardo Furkini (AEF) atende a jovens à partir dos 18 anos, através de concessão de bolsas de estudos prioritariamente para a formação em profissões ligadas a primeiros socorros, turismo, idiomas, música, contação de histórias e esportes. Para viabilizar a concessão dessas bolsas, são buscadas parcerias com instituições de ensino e também doações de recursos de pessoas físicas e/ou jurídicas.