ACMD apoia evento da Fundação Itaú Social

Documentos

DocumentosA oficina “Avaliação Econômica de Projetos Sociais”, desenvolvida pela Fundação Itaú Social, será realizada no auditório do edifício Helbor Offices Vila Rica, no próximo dia 13 de abril. A ACMD é apoiadora e cedeu espaço para a realização do evento, que conta ainda com o apoio da Prefeitura de Santos. A oficina terá 8 horas de duração e será ministrada pela pesquisadora do Centro de Estudos em Microeconomia Aplicada (C-Micro – EESP/FGV), Amanda Arabage.

Considerado tema de destaque na busca de aprimoramento das ações e dos investimentos sociais, a Avaliação Econômica de Projetos Sociais é reconhecida como importante ferramenta para subsidiar a gestão e o aprimoramento de iniciativas de caráter social. Permite otimizar a alocação dos recursos e propiciar a prestação de contas, não só aos financiadores, mas também aos beneficiados pelas intervenções sociais e à sociedade em geral.

A Avaliação Econômica é composta de duas partes: avaliação de impacto e cálculo do retorno econômico. A avaliação de impacto quantifica resultados de uma intervenção e estabelece relações causais entre as ações do projeto e os indicadores de interesse, permitindo afirmar se as alterações ocorridas foram realmente resultado da intervenção ou se ocorreriam de qualquer forma. O retorno econômico mede o retorno do programa em termos monetários para a sociedade por meio da comparação dos custos do projeto com os benefícios gerados para o público atendido.

“Nós sabemos da importância da avaliação econômica de qualquer projeto social, principalmente para os executores, que tem a missão de alocar, da melhor maneira possível, os recursos financeiros aplicados pelos investidores ou patrocinadores. A ACMD tem uma história muito rica no assessoramento de diversas entidades e projetos, portanto pra nós é uma satisfação poder apoiar um evento que tem tudo a ver com o nosso escopo de trabalho”, ressalta o presidente do conselho deliberativo da ACMD, Marcelo Bechelli Mionteiro.

A oficina começará a partir das 9 horas, na Avenida Conselheiro Nébias, 754, em Santos (SP). A oficina tem como público alvo gestores e técnicos de ONGs e do poder público, técnicos de institutos de pesquisa que atuam com gestão de programas, projetos e políticas sociais.

As As inscrições estão encerradas. As 50 vagas disponíveis já foram preenchidas. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail acmd@cmd.org.br ou pelo telefone (13) 3222-5002.

Atualizado em 05 de abril de 2016, às 16h27.