ACMD concorre em diversos editais de patrocínio

1819

1819

Em 2017, a ACMD inscreveu, como proponente, em 12 projetos para captação de recursos, que somam um montante de R$ 1.084.991 em recursos financeiros nas áreas de assessoramento e atendimento direto a crianças e adolescentes. A retomada da ACMD na busca por investimentos públicos e privados é resultado da ampliação das atividades da entidade, que necessita de mais recursos para o financiamento de novos projetos.

“A ACMD é uma referência local na articulação e capacitação das organizações do Terceiro Setor na Baixada Santista, ao mesmo tempo que pretendemos ampliar projeto semelhantes ao que está sendo realizado em Santa Cruz dos Navegantes, no Guarujá (SP). Existem diversos recursos do poder público e da iniciativa privada disponíveis. A previsão de queda dos recursos do Programa Nota Fiscal Paulista também é um motivo que faz com que a ACMD busque outras fontes de financiamento. Em 2018, a ACMD participará do maior número de editais possível”, define o presidente da ACMD, Eduardo Vianna Júnior”.

Atualmente, a ACMD não foi selecionada para três editais: “#TamoJunto” – Bússola Projetos; “#TamoJunto” – Facult e “É brincando que se aprende a ser feliz” – CMDCA. Por outro lado, a ACMD foi selecionada para a captação de recursos nos projetos, ambos no CONDECA: “Incubadora #TamoJunto”, que trata de um incubadora de uma produtora de vídeos para jovens. O outro é “Desmistificando os Conselhos Tutelares”, uma capacitação específica para a sociedade civil.

Contudo, há ainda sete projetos aguardando a aprovação são eles: “Desmistificando os Conselhos Tutelares” – BrasilFoundation; “Iniciação Aquática” – Lei Federal de Incentivo ao Esporte; “Capacitação dos Atores Sociais” – CODESP; “Aprender a ser para Fazer Acontecer” – Salvador Arena e “Capacitação Conselho Tutelar” – Prefeitura do Guarujá; “O esporte em suas mãos” e “Artística Ginástica”, ambos do PROMIFAE de Santos (SP).