ACMD faz articulação com CONDECA e CAO da Infância

Desde agosto deste ano, a Associação Comunidade de Mãos Dadas (ACMD) tem intensificado a aproximação com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA) e com o Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Infância e da Juventude de São Paulo (CAO da Infância). Algumas reuniões já foram realizadas e, como resultado, ações em conjunto estão sendo planejadas. Uma das iniciativas foi a recente visita à Santos da Sra. Marilena Flores Martins, Secretária Adjunta de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social; Sr. Fabiano Marques, Presidente do CONDECA e Dra.Laila Said Shukair, Promotora de Justiça do CAO da Infância. O grupo conheceu os projetos da ACMD e a rede de atendimento à criança e ao adolescente da Cidade. Além disso, houve a participação no II Seminário Estadual Conselhos de Minas, evento que reuniu Conselhos de Direitos em Belo Horizonte, realizado pelo Instituto Telemig Celular no mês passado.Dentre os desdobramentos possíveis dessa aproximação, está a proposta de ampliação de alguns projetos da ACMD para outras localidades. A Secretaria Adjunta, Marilena Flores, irá relatar ao Secretário Estadual, Dr. Nelson Proença, as visitas realizadas em Santos e o trabalho dos universitários do Projeto Família Legal nos abrigos. Há também a possibilidade do envolvimento do CONDECA com a Central de Informações dos Direitos da Criança e do Adolescente, projeto que já conta com a parceria da Associação Brasileira de Magistrados e Promotores da Infância e da Juventude (ABMP) e com o apoio do UNICEF.Uma outra atividade em andamento é a articulação das promotorias da infância e da juventude de toda a Baixada Santista, que surgiu da iniciativa do CAO da Infância, chamada CAO Itinerante. Mensalmente, os promotores estão se reunindo para discutir questões do interesse da Região e a ACMD tem participado desses encontros. Em todas essas iniciativas, há o consenso de que somente a atuação em rede é capaz de trazer resultados positivos e duradouros.