ACMD participa de evento da “Nossa São Paulo”

O Conselheiro da ACMD, Eduardo Vianna Júnior, compareceu em evento da Rede Nossa São Paulo, ocorrido na Capital, no último dia seis. O movimento pretende – através de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) – que os Presidentes, Governadores e Prefeitos do País sejam obrigados a apresentar à sociedade um plano quantitativo e qualitativo de metas, em até 90 dias a partir da posse.


O projeto já foi enviado à Secretaria-Geral da Presidência da República e, agora, também seguirá para o Congresso Nacional. “Acredito que dará certo, pois tudo que Oded conduz, acontece”, disse Vianna Júnior – se referindo a Oded Grajew (um dos fundadores do Instituto Ethos de Responsabilidade Social, que atualmente é Coordenador-Geral da Rede Nossa São Paulo, sendo um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa).


“A presidente Dilma fala muito em eficiência na gestão. Aécio Neves (PSDB) também falou sobre o assunto em seu discurso no Senado. Será um teste para vermos a coerência do Congresso. Quero ver a justificativa de quem for contra”, declarou Grajew, em matéria de cobertura do evento, publicada pela Folha de S. Paulo.


Hoje, a Rede Nossa São Paulo reúne cerca de 600 ONGs. Em 2008, por meio de uma emenda à Lei Orgânica do Município, o movimento conseguiu exigir um Programa de Metas para a Capital. Das 223 estabelecidas, o governo cumpriu apenas 10%.