Alunos do projeto do Polo Aquático treinam para o campeonato brasileiro

polointermeninos1

polointermeninosO Campeonato Brasileiro Infanto-Juvenil Sub-13 2015 será realizado entre os dias 5 e 8 de novembro, em São Paulo (SP). O local exato da competição ainda será definido, mas os alunos do projeto “Polo Aquático – O Esporte Como Ferramenta de Inclusão Social” já estão treinando. Os alunos de destaque da ACMD são encaminhados para o Clube Internacional de Regatas (Inter), onde treinam todos os dias na período da noite.

“É muito importante a participação das crianças e adolescentes nos campeonatos da CBDA [Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos]. Eles estimulam a competitividade, motivam a molecada e, sem dúvida, é uma oportunidade deles aplicarem tudo que eles tem aprendido no dia a dia”, explica o técnico do projeto e do Inter, Antônio Edson Basaglia, o Dedi.

O campeonato deve reunir as principais equipes de Polo Aquático do Brasil. Em novembro do ano passado, durante o Festival Infantil de Verão do Polo Aquático Brasileiro, a equipe ACMD/Clube Internacional de Regatas de Santos goleou o Clube Hebraica por 6 x 0, na casa dos adversário e consagrou a equipe santista como o grande destaque do Festival.

Projeto “Polo Aquático” busca patrocinadores
O projeto “Polo Aquático – O Esporte como Ferramenta de Inclusão Social”, que é financiado pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte, já teve o seu convênio renovado pelo Ministério do Esporte e está apto para a captação. A ACMD, que é a proponente, está em busca de empresas que desejem utilizar da renúncia fiscal para patrocinar o projeto. As empresas interessadas devem apurar a Declaração de Imposto de Renda por meio do Lucro Real e podem destinar até 1% do imposto devido.

Enquanto o projeto não recebe o apoio de empresas patrocinadoras, o projeto do polo aquático é financiado pelos recursos do projeto Nota Fiscal Legal, que por meio de comerciantes parceiros, destina cupons fiscais sem CPF à ACMD. Eles são cadastrados no projeto estadual Nota Fiscal Paulista, que retorna recursos financeiros para os consumidores e, neste caso, para entidades cadastradas na Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social.