Alunos do projeto polo aquático da ACMD participam da 3ª Etapa da Liga Aprendiz

polointermeninos

polointermeninosNo próximo dia 25 de outubro, o Clube Esperia, em São Paulo (SP), receberá a terceira etapa da Liga Polo Aprendiz – temporada 2014. O evento é organizado pela Federação Aquática Paulista (FAP) e a ACMD vai enviar aproximadamente 30 alunos do projeto Polo Aquático – O Esporte como Ferramenta de Inclusão Social, por meio da equipe Clube Internacional de Regatas de Santos / ACMD / Piracicabana.

De acordo com o técnico de polo aquático do Internacional e do projeto, Antônio Edson Basaglia, o Dedi, o objetivo da participação de eventos como esse, estimula a participação das crianças e adolescentes na prática do esporte. “Como é um campeonato para atletas sub-15 não federados, os alunos do projeto que não foram encaminhados para treinar no Inter ou que treinam no clube, mas não são federados, se motivam para treinar mais e buscar um espaço na equipe”, afirma.

Ainda de acordo com Dedi, o projeto de polo aquático da ACMD vai formar duas equipes para esta terceira etapa, com times mistos, ou seja, de meninos e meninas. “Os alunos que já treinam há algum tempo, tem condições de disputar um jogo com as equipes de clubes como o Hebraica, Esperia e outros, mas o principal objetivo do evento é proporcionar experiência para a molecada”, ressalta o professor.

Este não é o primeiro evento que os alunos do projeto do polo participam. Já houve amistosos com equipe do SESI-SP de São Caetano e também do Clube Hebraica de São Paulo. A parceria entre a ACMD e o Internacional também já vem rendendo frutos, de acordo com o Dedi, a equipe do clube santista tem a sua a base oriunda das crianças atendidas pelo projeto.

Atualmente, o projeto Polo Aquático – O Esporte como Ferramenta de Inclusão Social atende cerca de 100 crianças, que acontece nas piscinas do Centro Esportivo Manoel Nascimento Júnior, na Zona Noroeste e no Complexo Esportivo e Recreativo Rebouças, na Ponta da Praia, ambas em Santos.

O projeto é uma realização da ACMD, conta com o apoio da Prefeitura de Santos e financiado pela Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte e tem como patrocinador a Sabesp. O projeto também é financiado pela própria ACMD, por meio do projeto Nota Fiscal Legal, que conta com mais de uma centena de parceiros, que doam as notas fiscais sem CPF e assim é possível receber créditos da Nota Fiscal Paulista.