AVC também atinge crianças e adolescentes

AVC2

AVC1O Dia Mundial do AVC ocorre somente no dia 29 de outubro, mas a campanha “O AVC pode Acontecer em Qualquer Idade” acontece durante todo o ano, com o intuito de conscientizar as pessoas sobre como identificar os sintomas do Acidente Vascular Cerebral (AVC), conhecido também como derrame. O Grupo de Pequisa do CNPq “Anormalidades Neurovasculares na Infância”, coordenado pela professora Maria Valeriana Moura Ribeiro, promove a campanha voltada para o esclarecimento de que o AVC também ocorre em crianças e adolescentes.

“A International Alliance Pediatric Stroke (IAPS) uma liga internacional de pediatria está interessada em reunir instituições, grupos de estudo em AVC Pediátrico de todos os países do mundo, visando ampla conscientização dessa anormalidade. Foi criado o site united4pediatricstroke.org com a finalidade de ampliar a divulgação do AVC em neonatos, crianças e adolescentes, oferecendo informações claras sobre sintomas, sinais e ações direcionadas aos médicos, profissionais da saúde, familiares e pessoas motivadas”, afirma a professora.

Mais comum em adultos, o AVC ocorre por isquemia, caracterizada pela interrupção do fluxo sanguíneo ou hemorragia, que é o extravasamento de sangue para fora dos vasos. Em ambos os casos, é fundamental procurar atendimento médico o mais rápido possível. Ela explica que no momento do AVC, a criança ou adolescente pode ter perda do nível de consciência como ficar confuso ou até desmaiar. Perda ou dificuldade de movimentar um lado do corpo, crise convulsiva, dificuldade ou perda da fala e repuxamento de um dos cantos da boca.

De acordo com a médica, é preciso estar pronto ter três atitutes. “A Campanha de Conscientização, pretende ser visível, deseja ser ouvida e unida para mudanças efetivas pois: O AVC pode Acontecer em Qualquer Idade. Foi definido um slogan para a campanha, que todos devem compartilhar ao máximo, para que mais e mais pessoas tenham acesso: 1 – Seja rápido; 2 – Seja voz para AVC Pediátrico; 3 – Seja a mudança que deseja ver no mundo”, ressalta Valeriana.