Boletim da ACMD chega à edição número 500

Esta é a edição número 500 do Boletim da ACMD. É com muita satisfação que comemoramos nossa chegada a esse patamar. Significa que o veículo é produzido de forma contínua há praticamente 10 anos. Fato que fez com que este meio de comunicação se firmasse perante uma relevante parcela da população da Baixada Santista, ligada aos Direitos da Criança e ao Terceiro Setor.


 


O Boletim foi idealizado e implantado pela Jornalista Deborah Okida, que na época era Assessora de Imprensa da ACMD. Durante sete anos, foi a responsável pelo veículo. Hoje em dia, ela desempenha a função de Coordenadora Executiva da Associação. “É muito gratificante observar os frutos de uma semente que plantamos. Não imaginávamos que, no futuro, nosso alcance seria tão amplo e duradouro”, comentou.


 


Ainda segundo a jornalista, o grande diferencial do Boletim, é que não é apenas institucional, mas também divulga outras matérias. “O conceito da atuação em rede é muito importante para a ACMD. E a escolha diversificada das pautas do Boletim retrata essa abrangência. Nossa comunicação atua de acordo com a filosofia de trabalho da Associação”, explica.


 


Há cerca de três anos, o também jornalista e atual Assessor de Imprensa da ACMD, Eduardo Ravasini, é o responsável pelo Boletim. O veículo é enviado semanalmente (toda sexta-feira) para cerca de 3 mil pessoas. Sugestões, solicitações para recebimento e críticas podem ser enviadas para o e-mail: acmd@acmd.org.br.