Café da Manhã reúne cerca de 35 empresários

O “Café da Manhã para Empresas” é um projeto da ACMD que utiliza uma metodologia fácil e agradável para levar para dentro das empresas a questão da Responsabilidade Social e envolvimento com a comunidade. O projeto existe há três anos e agora ganhou reforço com a chegada de recursos da Fundação AVINA para a viabilização dos eventos.


 


Através do Café da Manhã é possível transmitir aos empresários e funcionários das empresas informações sobre a importância da Responsabilidade Social e as formas de atuação na área social. Além disso, é um bom momento para apresentar as iniciativas já desenvolvidas ou quais projetos estão no planejamento da empresa.


 


O evento teve início com uma palestra de sensibilização apresentada pelo diretor adjunto da ACMD, Sr. Admilson Vieira, seguida pela apresentação da ACMD e seus projetos feita pelo Sr. Eduardo Vianna Jr e, finalizando com a participação do empresário e conselheiro da ACMD, Sr. Ronald Luiz Monteiro, que falou sobre a Fundação AVINA e seus propósitos.


 


Eduardo Vianna também apresentou o quadro atual no Brasil, Baixada Santista e Santos, da situação relacionada às crianças e aos adolescentes, em especial da mortalidade infantil, focando o trabalho desenvolvido pela Pastoral da Criança.


 


Após o evento foi servido um café da manhã, seguido de visitas aos  futuros locais onde serão implantados núcleos da Pastoral no Jardim Piratininga e Saboó.


 


A Associação das Empresas do Distrito Industrial e Portuário da Alemoa (AMA) estará participando desse empreendimento colaborando na implantação do Núcleo no Jardim Piratininga. Já no Saboó, surgiu a possibilidade da parceria com a FEAS – Fundação Albert Schweitzer, que recentemente inaugurou um prédio onde a Pastoral poderá utilizar espaço físico para suas atividades.


 

Na visitação,  os presentes puderam conhecer o método desenvolvido pela Pastoral da Criança para reverter o quadro de desnutrição infantil, com a pesagem, multimistura, soro caseiro e acompanhamento através das líderes e monitoras da própria comunidade.