Disque Ambiente: mais uma forma de preservar a natureza

Com o tema “Quem liga para a natureza denuncia”, o Disque Ambiente é um serviço que funciona todos os dias da semana durante 24 horas, onde a população pode denunciar crimes ambientais. Para isso, basta ligar para o número 0800 11 3560. O serviço é oferecido pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB) e Polícia Militar Ambiental. Em 2007, foram recebidas mais de 40 mil ligações.


São recebidas, neste canal, denúncias de desmatamento, queimadas, despejo ilegal de lixo, poluição do ar, emergências químicas, comércio e criação ilegal de animais silvestres, dentre outros crimes ambientais. 


Nesse cenário, merece destaque a devastação da Mata Atlântica — que é a principal formação florestal do Estado de São Paulo. Com uma extensão que vai desde o Rio Grande do Sul até o Piauí — cobrindo 17 estados — ela originalmente compunha 15% do território brasileiro. Porém, atualmente, só restam 7% dessa floresta.


Um de suas características é o fato de ela ser um bioma com vários ecossistemas, ou seja, diversos processos ecológicos que se interligam — estendendo-se até o serrado, caatinga ou os campos. Além disso, esse bioma conta com mais de 22 mil espécies, sendo nove mil delas endêmicas (só existem neste ecossistema) o que supera até mesmo a biodiversidade da Amazônia.


Entretanto, esse bioma é o mais explorado do País, sendo que 383 animais e plantas existentes na Mata Atlântica estão ameaçados de extinção. Segundo o Atlas dos Remanescentes feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela ONG SOS Mata Atlântica, entre 2000 e 2005, foi registrada a perda de 34.965 hectares anualmente.


Os remanescentes da Mata Atlântica estão localizados, principalmente, nas escarpas das Serras do Mar e Mantiqueira e junto ao litoral, sendo que a maior concentração desse bioma está no Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo.