“ECA – Conhecer para Reconhecer”

O Fórum da Cidadania de Santos (parceiro da ACMD) convida a todos para o lançamento do “ECA – Conhecer para Reconhecer”, na próxima sexta-feira (20), às 9 horas, no SESC (Conselheiro Ribas, 136 – Aparecida). O Projeto visa levar o Estatuto da Criança e do Adolescente às escolas municipais, estaduais, particulares e entidades conveniadas por intermédio de agentes educadores multiplicadores, que serão capacitados para tal.


O ECA na Escola será desenvolvido durante o ano de 2012 todo e terá nas ações permanentes de abordagem do Estatuto como objeto de trabalho no ambiente de aprendizado. A capacitação acontecerá nos períodos da manhã e tarde em diversas regiões da Cidade e pretende formar 400 pessoas que atuarão na disseminação do Projeto.


Os participantes diretos do Projeto serão indicados pelas escolas, segundo critérios por elas estabelecidos com a supervisão da Secretaria Municipal de Educação – SEDUC, Diretoria de Ensino e Associação de Escolas Particulares. Quanto aos pais, as indicações poderão partir dos Conselhos de Escola, com o apoio do Grupo Articulador para o Funcionamento dos Conselhos de Escola – GAFCE da SEDUC. Também podem participar da formação, funcionários, lideranças estudantis, comunitárias e conselheiros das diversas áreas.


De acordo com o supervisor geral do projeto, o sociólogo Celio Nori, “O conjunto desses participantes integrarão um processo de  formação continuada, com o objetivo de que os mesmos venham a se credenciar e exercer a função de Agentes Educativos Multiplicadores do ECA na Escola, em suas respectivas instituições”, completa.


A abertura do projeto traz, a Santos, personalidades no assunto. Entre eles, Edson Sêda,  jurista, membro da Comissão redatora do ECA e ganhador do prêmio “Criança e Paz”, do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), em 1995.


Para a coordenadora geral do ECA – Conhecer para Reconhecer, a ex-consultora da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), Maria Helena Marques Rovere , além de marcar o início dos trabalhos que envolvem a formação e atualização de Agentes Educativos Multiplicadores do ECA na Escola, também pode ser considerado como um primeiro momento formativo. Afinal, contará com a presença de especialistas nos três principais focos de atuação do ECA: o jurídico, o social e o educacional.  


“O antropólogo Ed Sêda abordará o contexto social do ECA e, como filho de Edson Sêda, provavelmente, traz em seu DNA, o desejo de fazer o ECA acontecer. Já a educadora e diretora de escola Ana Elisa Siqueira  apresentará experiências positivas na abordagem e aplicação do ECA”, conclui.


Outras informações no Fórum da Cidadania (Avenida Ana Costa, 340) ou pelo fone 3221-2034 – sempre das 14h30 às 21h30.