Faça uma destinação à ACMD com a Nota Fiscal Paulista

Associados, parceiros e todos os demais interessados já têm uma nova maneira para contribuir com a ACMD e, assim, apoiar nossos Programas e Projetos. É muito fácil e sem custo. Basta entregar o maior número possível de notas fiscais (sem o CPF ou CNPJ do comprador) na sede da Associação (fale conosco sobre outras formas para entregar as notas fiscais).


Caso as pessoas queiram acumular vários cupons fiscais para facilitar a logística, é perfeitamente possível. Há unicamente uma importante ressalva: a nota fiscal mais antiga não pode exceder o prazo de um mês, a contar da data daquela compra e o dia de entrega para a ACMD.


É bom frisar também que, obviamente, essa prática é legal e está disponível a todas as entidades sociais sem fins lucrativos. E ainda, está cada vez mais sendo incentivada e divulgada pelo Governo Estadual. Só foi possível, porque nossa Associação se cadastrou no Sistema Pró-Social da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social (Seads) e, em seguida, no Programa Nota Fiscal Paulista (NFP).


O recurso, que é repassado às entidades pela Receita Federal, vem do reembolso de parte do imposto ICMS recolhido no ato da compra. “Já há algum tempo que a ACMD vem buscando novas fontes de recursos para garantir sua sustentabilidade. E essa, é mais uma maneira que pode ajudar. Por isso, é fundamental a efetiva participação de todos”, comentou a Coordenadora Executiva da ACMD, Deborah Okida.


Segundo dados da Secretaria de Estado da Fazenda, divulgados recentemente pela Imprensa, 85% do total de cupons fiscais processados não estão vinculados a nenhum CPF ou CNPJ – um verdadeiro desperdício.


Faça diferente, colabore!