Fazenda no Paraná dá exemplo de Sustentabilidade

Dentro do conceito da sustentabilidade, foi divulgado recentemente pela imprensa, que já há no Brasil fazendas que estão sendo incentivadas a gerar sua própria eletricidade a partir de combustíveis renováveis, como restos vegetais ou esterco de animais (os quais originam um grave problema ambiental).


 


O método ainda permite produzir fertilizantes de alta qualidade, diminuindo a necessidade dos similares químicos – que são caros, poluentes e, na maioria das vezes, importados. O processo é baseado em uma experiência-piloto criada há dois anos no Paraná, no município de São Miguel do Sul.


 


Com o apoio da Itaipu Binacional e da Companhia Paranaense de Energia (Copel), uma fazenda chamada “Granja São Pedro”, com 200 hectares, foi dotada de um biodigestor, que transforma todo o volume de dejetos em adubo orgânico e gás metano. O gás pode ser usado na cozinha e em motores. Quando acoplado a um gerador, produz energia elétrica.