Festival de pólo aquático acontece nesta quinta-feira (6) no Centro Esportivo M. Nascimento

Na próxima quinta-feira (6), às 13h30, o Projeto “Pólo Aquático – O esporte como ferramenta de inclusão social” realizará o primeiro Festival da modalidade, no Centro Esportivo e Recreativo Manoel Nascimento Júnior, em Santos. O projeto atende cerca de 170 crianças entre 10 e 15 anos, que terão a oportunidade de mostrar tudo que aprenderam desde o início das aulas.


Realizado nas piscinas do Centro Esportivo e Recreativo Manoel Nascimento Júnior e do Complexo Esportivo Rebouças, desde maio deste ano, o projeto é fruto de uma parceira entre a Associação Comunidade de Mãos Dadas (ACMD) com a Prefeitura de Santos, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte.


“Nós já tivemos uma experiência com o Pólo Aquático há mais ou menos 10 anos, fruto de uma parceira entre o Inter e o McDonald’s e mais recentemente no Caruara, num projeto financiado pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e adolescente (FMDCA). Nesses dois momentos tivemos resultados expressivos de transformação social”, explica o presidente da ACMD, Eduardo Vianna Júnior.


Depois de uma massiva divulgação entre as escolas da Zona Noroeste e na Ponta da Praia, os adolescentes interessados se apresentaram nas piscinas, após um teste dentro d’água permanecem no projeto para aprender os fundamentos básicos do esporte ou são encaminhados para as aulas de natação da prefeitura.


“Nosso objetivo não é só formar futuros atletas, mas também o de passar valores morais, éticos e de vivência em grupo, que são fundamentos transversais que o esporte proporciona”, conta o coordenador técnico do projeto, Léo Pasquali, o Léo do vôlei, um dos mitos do esporte santista, que fez parte da geração de prata do voleibol brasileiro.


O técnico do projeto, Dedi Basaglia, que também é técnico da equipe de pólo aquático do Internacional está atento aos novos talentos e até o momento já escolheu oito atletas para treinar com ele no clube. “Alguns adolescentes já demonstram pré-disposição para o pólo e isso já é a porta de entrada para que ele treine e possa disputar alguns campeonatos. O próximo passo é ele se federar a Confederação Brasileira de Desportos Aquático, CBDA, e se tornar um jogador de pólo profissional e quem sabe levar o esporte a uma inédita vaga nos Jogos Olímpicos”, projeta.


O projeto tem como patrocinadores a Codesp, Sabesp, Mcdonald’s, Martin Brower, Mesquita Locações e FSB Foods.


Campeonato Paulista Infanto-juvenil Masculino 2012
Entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro acontece em Bauru, o Campeonato Paulista Infanto-juvenil Masculino 2012 de Pólo Aquático. A competição é organizada pela Federação Aquática Paulista (FAP) e pela Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA). O Clube Internacional de Regatas participa da competição e conta com oito atletas oriundos projeto.


Além da equipe santista, a competição terá a participação da Associação Brasileira Hebraica, Sesi-SP, Esporte Clube Pinheiros, Clube Paineiras do Morumby e Clube Jundiaiense.