Fórum da Cidadania define prioridades de comunicação com a comunidade


A Comissão do Eixo 4 – “Comunicação e Relação com a Comunidade”, do Fórum da Cidadania de Santos, em seu primeiro encontro, realizado no último dia 11, definiu, em conjunto, com a comunidade, 10 prioridades sobre a comunicação da própria Entidade.


Seguem abaixo as propostas de Comunicação e Relação com a Comunidade:


1 – Atualizar, dar nova formatação e divulgar o site do Fórum da Cidadania: www.forumdacidadania.org.br .


2- Elaborar e pôr em funcionamento, pela Internet, um boletim semanal de notícias do Fórum da Cidadania.


3- Inserir o Fórum da Cidadania nos atuais instrumentos de Comunicação Digital (Redes Sociais), encerrando eventuais iniciativas existentes.


4- Promover, de forma sistemática, debates comunitários sobre o tema Comunicação, relacionando este tema a questões de Cidadania, Inclusão Social, Interesse Público e Valorização da Cultura Local, estabelecendo-se um calendário anual para esses debates.


5– Incentivar a criação de grupos da leitura crítica da mídia.


6– Criar espaços para a difusão e debater temas de interesse comunitário que normalmente não são pautados pelos meios de comunicação.


7– Incentivar os membros do Fórum da Cidadania a produzir textos para publicação nos organismos de imprensa e para veiculação no site do Fórum.


8– Definir estratégias de comunicação para atingir o significativo número de pessoas que circula diariamente em torno da Estação da Cidadania (Mural da Cidadania).


9– Desenvolver uma programação de Cine-Debate.


10– Vincular à Estação da Cidadania a Memória Cultural relacionada à Estação Ferroviária Sorocabana.


Além disso, seguindo em paralelo com os demais trabalhos, o Fórum da Cidadania convida a todos para sua reunião plenária mensal. Acontece amanhã (26 de fevereiro), a partir das 15h, na Estação da Cidadania (Av. Ana Costa, 340).


Na ocasião, serão debatidas questões referentes ao Plano Diretor, Lei de Uso e Ocupação do Solo e Riscos de Deslizamentos em Santos – sob coordenação dos arquitetos e urbanistas, José Marques Carriço, Lenimar Rios e Marcos Bandini, Geólogo e Especialista em Meio Ambiente.