Gravidez na adolescência em Santos tem índices preocupantes

A gravidez na adolescência , embora tenha tido uma diminuição no número de casos, ainda é motivo de preocupação. Em Santos, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), do ano de 2000 a 2007, teve uma queda de 7,05%. Mas, o índice de gravidez registrado no ano passado, de 12,05%, ainda é maior que o da média nacional (7,6%).


 


De acordo com um estudo da ONU, realizado com mais de 10 mil brasileiros de 15 a 17 anos, 56% dos jovens que abandonaram a escola são garotas, e um quarto delas parou de estudar por estarem grávidas.


 


No dia 26 de setembro, mais de 70 países, incluindo o Brasil, comemoraram o Dia Mundial de Prevenção da Gravidez na Adolescência, cujo tema, este ano, foi “Sua Vida, sua decisão”. A data é promovida por organizações não-governamentais e sociedades médicas internacionais, com patrocínio da Bayer Schering Pharma. No Brasil, a iniciativa também conta com o apoio da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).


 


 


Números em Santos


 

















































 


Partos de mães adolescentes


Total de partos de mães residentes em Santos


Nascimentos de mães adolescentes (%)


2000


1.059


6.192


17,10


2001


890


5.524


16,11


2002


849


5.379


15,78


2003


730


5.109


14,29


2004


802


5.607


14,30


2005


700


5.442


12,86


2006


697


5.206


13,39


2007


633


5.253


12,05


Fonte: Sinasc / SMS