Inaugurado primeiro Núcleo da Pastoral em um contêiner

A ACMD concluiu a primeira etapa de seu projeto de implementação dos Núcleos Multiuso da Pastoral da Criança na Baixada Santista. Foram inauguradas 29 unidades, num período de dois anos e meio – uma média de um por mês. O projeto é pioneiro no Brasil. O último Núcleo, inaugurado em 22 de julho, foi instalado dentro de um contêiner e é o primeiro nessas condições. A inauguração teve cobertura jornalística – televisiva e impressa.


O Núcleo no contêiner vem solucionar a procura de imóveis disponíveis para a instalação de Núcleos. O contêiner foi instalado em Mongaguá, num terreno do Bairro Vila Atlântica (à Rua Belo Horizonte 672/682).


A empreitada contou com a colaboração de vários parceiros. A ACMD teve a idéia e adquiriu o contêiner e também os utensílios para o Núcleo. A Paróquia Nossa Senhora Aparecida cedeu o terreno. Por sua vez, a comunidade contribuiu doando aterro e viabilizando a instalação da luz e da sapata (estrutura que fixa o contêiner no solo). Já a prefeitura de Mongaguá arcou com os custos do transporte do contêiner que se encontrava em Santos.


A primeira pesagem de crianças naquele núcleo acontece em 20 de agosto (domingo), a partir das 8h. “Gostaria de agradecer à Pastoral e a todos que colaboraram com esse Núcleo”, disse a Coordenadora de Área da Pastoral de Mongaguá, Maria Regina Tasso Vinsenzo. Já para a Coordenadora Diocesana da Pastoral, Dejanira Ribeiro, a instalação de um Núcleo em um contêiner “marca a história da entidade”. Dejanira lembrou ainda que antes da ACMD começar a instalar os Núcleos, a Pastoral tinha muitas dificuldades de encontrar um local para desenvolver suas atividades.


O Presidente do Conselho Deliberativo da ACMD, Marcelo Bechelli Monteiro, fez questão de ressaltar o ineditismo da iniciativa e também a versatilidade do contêiner. “À medida que essa comunidade se consolida pode instalar, futuramente, seu Núcleo num imóvel, permitindo que o contêiner vá para outro local que necessite do atendimento”.


A ACMD considera que o primeiro e fundamental Direito da Criança é o Direito à Vida. Por essa razão, a Associação se uniu à Pastoral da Criança, para que pudessem agir em conjunto, a fim de diminuir ao máximo a Mortalidade Infantil na Baixada Santista. Em 2003, a ACMD teve uma reunião com a Dra. Zilda Arns para definir qual seria a melhor forma do empresariado apoiar a Pastoral. Então ficou decidido que a meta seria implementar 29 Núcleos na Baixada Santista.


Através de uma parceria, as duas entidades colaboram com aquilo que sabem fazer. No caso da Pastoral, suas líderes voluntárias prestam atendimentos individualizados e periódicos às famílias. Já a ACMD, por meio de sua rede de empresários e parceiros, viabiliza uma melhor estrutura material (espaço físico e equipamentos) para que a Pastoral intensifique seu trabalho. Esses espaços foram chamados de Núcleos Multiuso. Em média, o investimento necessário para concretizar cada unidade foi de R$ 10 mil (estão inclusas nesse valor todas as doações e também as estimativas de custo dos serviços voluntários).


Clique aqui para assistir a uma matéria jornalística sobre a inauguração do Núcleo no contêiner (para ver, é necessário entrar com os seguintes dados: data 24/07/06; telejornal 1a edição; palavra-chave NÚCLEO).


Clique aqui para ver a lista com os endereços e as datas de inaugurações dos 29 Núcleos já instalados.