Mapa da violência infantil em São Paulo

A maior cidade do País começará a fazer o mapa da violência infantil. A partir de novembro, o Conselho Tutelar usará o Sistema de Informação para a Infância e a Adolescência (Sipia), do Ministério da Justiça, sistema informatizado que centralizará os casos de violação de direitos de crianças e adolescentes.


Atualmente, os casos atendidos pelos 37 conselhos tutelares não são registrados em uma base única, o que dificulta saber a real extensão do problema na cidade. Há unidades que realizam até 400 atendimentos por mês, envolvendo casos com: negligência, agressão física, pedofilia ou falta de vaga em creche.


As informações sobre os atendimentos realizados na capital serão atualizadas pela internet e enviadas ao Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda). A Vara da Infância e da Juventude e o Ministério Público também terão acesso aos dados.


Até 31 de dezembro, todas as capitais devem adotar o Sipia. No Estado, o sistema deve ser levado, ainda em 2010, para a Grande São Paulo e o litoral, segundo a Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado de São Paulo.