Nota Fiscal Paulista: presidente da ACMD se reúne com deputados

notafiscalpaulista1-768x389

notafiscalpaulista1-768x389Na sede da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, o presidente do conselho deliberativo da ACMD, Eduardo Vianna Júnior, esteve reunido com a deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP), no último dia 07 de agosto, como um dos representantes do comitê gestor do MACF. No dia 15 de agosto, o dirigente também esteve com os deputados estaduais Carlos Bezerra Júnior (PSDB) e Jorge Caruso (PMDB), na Assembleia Legislativa.

Na pauta dos encontros estavam as alterações no Programa Nota Fiscal Paulista, que apesar dos ajustes anunciados pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, no último dia 31 de julho, ainda geram muitos entraves na manutenção dos recursos às entidades sociais. O Balanço Social de entidades beneficiadas pelo Programa tem sido a referência dos impactos positivos da Nota Fiscal Paulista.

O dirigente da ACMD e do MACF acredita em projeto de lei que assegure os mecanismos de doação do programa. “É preciso articular com os deputados, em cada região. Ou seja, precisamos promover encontros em nossas cidades com cada um dos deputados mostrando nossas reivindicações e a importância de votar a favor da continuidade do PNFP nos moldes atuais, concomitantemente com as novas medidas, isto é, aplicativo, doações via site e etecetera”, afirmou Vianna Júnior.

A deputada Mara Gabrilli está confiante na resolução dos entraves. “Sai da reunião bastante otimista com o compromisso assumido pelo governador de estudar o tema e agora com o anuncio de mais prazo às organizações e outras benfeitorias, ficamos bastante felizes. No entanto, ainda é necessário mais tempo para que o consumidor compreenda as mudanças e as doações não reduzam. O trabalho das 4 mil organizações de São Paulo é importante e necessita deste apoio de todos. As ONGs estão preocupadíssimas porque a falta dos recursos doados pela Nota Fiscal Paulista prejudicará os atendimentos prestados”, afirmou a deputada.

MACF
O Movimento de Apoio à Cidadania Fiscal (MACF) é formado pelas organizações da sociedade civil do Estado de São Paulo que fazem parte do Programa Nota Fiscal Paulista, recebendo doações de notas fiscais sem CPF. Qualquer organização da sociedade civil pode fazer parte do MACF, basta a manifestação de vontade, não havendo custos ou burocracia. Atualmente, o MACF reúne-se periodicamente, e seus participantes contam com uma lista de e-mails e um grupo de WhatsApp. O presidente do conselho deliberativo da ACMD, Eduardo Vianna Júnior, é membro do comitê gestor do MACF.