Núcleo das Oficinas Querô em Guarujá contou com a presença de Carlos Cortez

As Oficinas Querô já tem seu núcleo em Guarujá, que formará uma turma local. Em 26 de março, houve a inauguração oficial do núcleo, que contou com a presença do diretor do filme Querô, Carlos Cortez. Representantes dos parceiros dessa iniciativa (Gullane Filmes, Elektro e Unaerp) também estavam presentes.


 


As aulas da primeira turma de Guarujá, composta por 40 alunos, começaram em 6 de março. O núcleo se localiza na Unaerp e seu funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. As Oficinas Querô, realizadas em Santos, sempre tiveram uma abrangência regional, capacitando jovens de diversas cidades da Baixada Santista. Além disso, participantes formados pelo projeto já dão aulas de audiovisual na Fundação Casa (antiga Febem), do município de Guarujá e São Vicente. O núcleo de Guarujá irá intensificar ainda mais o caráter metropolitano.


 


Desde 2006, em Santos, as Oficinas Querô capacitaram cerca de 110 jovens. O curso possui duração de um ano. Os participantes recebem gratuitamente capacitações com renomados profissionais do cinema. É uma oportunidade de estudar conteúdos como informática, roteiro, desenvolvimento de projeto, marketing, produção de locação, arte e elenco, figurino e maquiagem, fotografia e som, direção, produção, edição, pós-produção, entre outros. Ao final, os jovens têm que organizar uma exibição de estréia e apresentar um DVD, contendo curtas-metragens produzidos durante o ano. A metodologia aplicada em Guarujá segue essas mesmas tarefas.


 


Informações sobre as Oficinas Querô podem ser obtidas pelo telefone (13) 3233-7084 ou na internet. www.oficinasquero.com.br