Oficina de comunicação para superar a violência

No próximo dia cinco de abril, das 9h às 17h, acontece no Sesc Santos, a Oficina de “Comunicação Não-Violenta” (CNV), método criado há 35 anos pelo psicólogo Marshall Rosemberg. O facilitador da oficina é o coordenador da CNV no Brasil, o ator inglês Dominic Barter. Os participantes terão a exposição teórica e realizarão vivências para entender como funciona na prática.A CNV tem o propósito de ser uma ferramenta para transformar conflitos nos níveis pessoal, interpessoal e organizacional. Um princípio básico norteia o método: cada reação humana, violenta ou pacífica, é motivada por necessidades universais – como nutrição, segurança, bem-estar físico e emocional, autonomia, lazer, realização de potenciais e interdependência. Quando os conflitos aparecem, seja entre pessoas, grupos ou nações, é porque as necessidades das partes envolvidas não foram atendidas.A proposta é observar a si mesmo e aos outros sem estabelecer julgamentos ou rótulos, apenas para identificar os sentimentos e valores de cada um. O passo seguinte é encontrar as estratégias de ação para satisfazer a todos, por meio de pedidos, em vez de exigências. O método foi aprovado por psicólogos de reputação internacional. “Creio que os princípios da comunicação não-violenta possam literalmente mudar o mundo e, mais importante, mudar a qualidade de vida em relação à sua família, seus vizinhos, seus colegas de trabalho e todos com quem você se relaciona”, afirmou Jack Canfield, autor de “Histórias para Aquecer o Coração”. “Estas técnicas de comunicação dinâmicas transformam possíveis conflitos em diálogos pacíficos. Altamente recomendado”, declarou John Grey, autor de “Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus”. As inscrições para a oficina no Sesc custam 80 reais e podem ser feitas no Instituto Elos Brasil, pelo telefone (13) 3261-8892 ou pelo e-mail elos@cmg.com.br .