Oficinas Querô lançam curtas das turmas de 2008


O ano de 2008 terminou em grande estilo para os jovens que participaram das Oficinas Querô em 2008.


No dia 16 de dezembro, houve a sessão de estréia dos curtas-metragens produzidos pelos jovens A exibição aconteceu NE no Cine Roxy 5, em Santos. O Presidente do Conselho Deliberativo da ACMD, Eduardo Vianna Júnior, esteve presente e fez um pronunciamento na abertura do evento. Também participaram Deborah Okida, coordenadora executiva da ACMD, e Carlos Mota, assessor jurídico.



Vianna ressaltou a importância desta parceria que tem trazido frutos significativos para a juventude de Santos. Citou o exemplo dos jovens formados na primeira turma que agora possuem sua própria produtora de vídeos.



“Se Plínio Marcos estivesse aqui, ele apoiaria esta iniciativa e veria que o significado de “Querô” (personagem marcado pela morte, pobreza, situação de risco), agora tem o significado de “Quero”. Quero vida. Quero oportunidades. Quero mais qualidade de vida”, complementou Eduardo Vianna.


Ao todo, foram produzidos três curta-metragens, com temas escolhidos pelos próprios jovens. São eles: Pena Perpétua (sobre ex-presidiários), Sem Você (sobre aborto) e Phantasma do Paquetá (sobre a lenda santista de um fantasma que vagava no Cemitério do Paquetá no Centro de Santos). Foi apresentado ainda o documentário “O mundo é uma ilha de edição”.



O evento contou com a presença de parceiros e patrocinadores, além de Debora Ivanov, da Gullane Filmes e Carlos Cortez, cineasta e diretor do longa Querô.