Participantes aprovam a

Participantes aprovam a “Vivência” da ACMD


A 8ª edição da “Vivência” da ACMD foi realizada mais uma vez com sucesso. Os 17 participantes classificaram o evento como “excelente”. A imersão ocorreu nos últimos dias 23, 24 e 25, no Centro Paulus, em São Paulo.



Com o tema “O Líder do Século XXI: Transformações e Sustentabilidade”, a “Vivência” da ACMD possibilita, através de um conteúdo multidisciplinar, que os participantes possam  ter uma nova visão de mundo, guiados por valores humanos e universais, responsabilidade socioambiental e sustentabilidade, competências tão necessárias nos dias de hoje.
Confira abaixo o depoimento de alguns dos participantes:


“A experiência da vivência foi como encontrar algo que estava perdido ou solto dentro de mim. Já tinha participado de alguns workshops de desenvolvimento humano, mais específicos da área de psicologia e francamente, não imaginava que este evento fosse tão completo. No início, foi uma incógnita: não conhecia ninguém e nem o tipo de trabalho que seria feito. Confesso que tive receio. Mas como gosto de desafios; pensei: sempre há algo novo para aprender e a disposição e receptividade é o caminho. A Vivência possibilitou conhecer uma proposta diferenciada do líder no cenário socioambiental, e melhor, sob uma perspectiva psíquica e espiritual. O que também me chamou atenção, e que tornou o processo prazeroso, foi o fato de haver mais de um facilitador com abordagens diferentes e ao mesmo tempo integradas.” Alessandra Prado – Analista de Recursos Humanos.


“Foi algo muito especial. Acho que todos puderam aprender muito com a experiência dos outros. A Vivência foi um grande aprendizado, uma experiência excelente, que vou guardar com muito carinho!” Lilian, líder da Pastoral da Criança.



“Foi uma das melhores experiências da minha vida. Eu sou marxista, materialista, agnóstico, mas essa experiência me proporcionou olhar pra mim, eu pude criar e reativar laços de amizade. Eu voltei mais leve, parece que todo o meu lixo ficou por lá.” Odair Dias – Assistente Social – Oficinas Querô.


“Eu adorei a Vivência! Me enriqueceu em conhecimento, me deu oportunidade de conhecer pessoas diferentes, além de estar num lugar maravilhoso, como o Centro Paulus. Posso dizer com certeza, que a Vivência foi um divisor de águas na minha vida. Desde a volta, venho policiando atitudes, e mudando muitas outras. Bom, só tenho a agradecer, mudou minha vida em vários aspectos.” Gisellyn Ribeiro – Coordenadora de produção – TV COM.


“A Vivência é uma experiência maravilhosa. São abordados assuntos raramente discutidos durante o dia-a-dia. Em um lugar diferente, com pessoas diferentes fica claro o seu propósito: atingir o emocional e o racional de cada um de uma maneira humana e lúdica, relembrando os verdadeiros valores que precisam estar presentes na nossa sociedade. Com certeza essa experiência é algo inesquecível para mim.” Henrique Vianna Pinho, estagiário de Direção de Arte.


“A Vivência foi uma experiência inesquecível, porque pude saber de outras culturas, e adorei fazer novos amigos. Gostei, pois aprendi a me valorizar, e valorizar a minha família, pude lembrar dos meus momentos de infância, e os momentos ruins, pude me liberar um pouco mais porque sou muito tímida, apesar de não ter me liberado muito. Porém, foi uma experiência ótima, que não dá pra esquecer.” Liliana, participante do Arte no Dique.


O próximo encontro do grupo já está marcado para a próxima sexta-feira (6 de novembro), às 19h15 na sede da ACMD, para que todos possam se ver novamente e contar suas experiências depois da “Vivência”.