Pauê visita ACMD e mostra seu exemplo de superação


O fisioterapeuta e esportista, Paulo Eduardo Chieffi Aagaard, o Pauê, de 27 anos, esteve na ACMD para conhecer um pouco mais sobre o trabalho em rede, e defesa dos direitos e deveres da criança e do adolescente, assim como todos os programas da Associação.


Em 2000, Pauê sofreu um acidente numa linha férrea desativada de São Vicente, sendo atropelado por um trem, que resultou na perda de parte das pernas. Depois desse episódio, então com 18 anos, o jovem deu a volta por cima e se tornou um referencial de superação.


Atualmente, ele ministra palestras sobre superação de limites. “São aproximadamente 15 palestras por mês, em todo Brasil, geralmente para cúpula de empresas, que vêem no meu trabalho um exemplo”, explica.


Em menos de três meses após o início da sua reabilitação, com fisioterapia e próteses, ele já voltava a surfar e se tornou o primeiro e único surfista bi-amputado do mundo. Também envolveu-se com o Triathlon e em pouco tempo conquistou vários títulos como: Campeão Mundial de Triathlon ( 2002), Bronze no Pan-Americano (2003), Pentacampeão brasileiro de Triathlon ( 2002 a 2006)e Tetracampeão Internacional de Triathlon ( 2002,2003,2006,2007).


No ano passado o fisioterapeuta lançou um livro, chamado “Caminhando com as próprias pernas”. “Ganhei confiança na vida com base no que o esporte me proporcionou. Nas minhas palestras trabalho com as palavras: aprendizado, entendimento, aceitação e superação”, diz.


Pauê quis conhecer o trabalho da ACMD por causa do trabalho em rede, que é a forma como a ACMD atua, buscando parcerias e implantando projetos que beneficiem crianças e adolescentes.. “A ACMD é uma referência, conhecia o trabalho das ONGs Paradigma e Integrare, e quis conhecer a ACMD”, comenta.


Natural de Santos, o jovem pretende desenvolver projetos sociais na Região. “Quero aliar o campo empresarial, que eu já atuo, junto com o campo social, quero ajudar as pessoas da melhor maneira possível”, afirma. Ele vai criar uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) no início deste ano.