Pesquisa sobre consciência socioambiental

A Setor3 Consultoria e a Vila Idéias realizaram no início deste ano uma pesquisa sobre responsabilidade socioambiental em Santos. A pesquisa ocorreu entre os dias 13 de abril e 14 de maio e foram entrevistados 270 pessoas, entre homens e mulheres, de classes A e B, com mais de 18 anos.


Segundo informações do site da Setor3, aproximadamente 80% dos santistas praticam uma política de responsabilidade socioambiental e cerca de 54% dos entrevistados disseram que optam por empresas que preservam o meio ambiente.


A pesquisa também apontou que as empresas, que possuem algum tipo de ação ligada ao meio ambiente e fortalecem parcerias com a comunidade, melhoram a imagem da organização. Nessa linha, 30% acreditam que a divulgação dessas ações influencia na imagem da instituição. Cerca de 70% dos pesquisados, disseram que têm grande interesse em conhecer e participar de projetos sociais, que beneficiarão a sociedade.


É importante lembrar que a responsabilidade socioambiental não é apenas uma ação pontual, para o aprimoramento da sua imagem, ou de prevenção de medidas judiciais, mas deve ser uma cultura da empresa, junto aos seus funcionários e demais públicos envolvidos. É acima de tudo ter um compromisso com o futuro.


A responsabilidade socioambiental também não é caridade ou filantropia, mas atividades que revelam verdadeiramente o papel social de uma empresa. A pesquisa mostrou que os consumidores estão exigentes com as instituições que não desenvolvem algum tipo de política socioambiental.


É necessário não confundir responsabilidade, com publicidade. Aproximadamente 30% dos entrevistados acreditam ser importante as campanhas de divulgação e conscientização de projetos socioambientais, mas muitas delas podem ser apenas uma forma de maquiar as verdadeiras intenções da empresa. É preciso ficar atento.