Projeto Querô na Escola volta à Santos

As oficinas de vídeo oferecidas por jovens das Oficinas Querô iniciam no dia 12 de setembro, em seis escolas municipais de Santos.



Estimular atividades socioculturais por meio de oficinas de produção audiovisual é o foco do projeto “Querô na Escola”, que depois de três anos de atuação na cidade de Santos, está celebrando sua volta em parceria com a Embraport.



A iniciativa é mantida pelo Instituto Querô e Prefeitura de Santos e tem como objetivo introduzir o audiovisual nas escolas, proporcionando aos jovens uma ferramenta de expressão por meio da produção de vídeos. Desde 2010, 74 mini vídeos foram produzidos com a participação de mais de 3 mil estudantes. Um dos trabalhos, inclusive, foi premiado no ano passado, no Festival Curta Santos.



As oficinas ocorrerão em Santos, em seis escolas selecionadas pela Embraport, nas quais os alunos aprendem sobre formatos e gêneros de filmes, técnicas de direção e produção, elaboração de roteiros, além de acompanharem toda a rotina da operação de equipamentos de câmera e áudio.



Ao final das oficinas, cada escola realizará um curta metragem de um minuto que será disponibilizado na Internet, além de ser exibido em espaços culturais, escolas e festivais de cinema. Haverá também uma premiação oferecida pela Embraport aos três melhores trabalhos.



 
Sobre a Embraport  – A Embraport (Empresa Brasileira de Terminais Portuários) é a responsável pela implantação e operação do mais novo terminal portuário privado do Brasil, na margem esquerda do Porto de Santos (SP). Mais informações no portal www.terminalembraport.com.br.



Sobre o Instituto Querô – Organização da sociedade civil de interesse público que utiliza o audiovisual como ferramenta para estimular talentos, promover a inclusão cultural, transmitir valores, desenvolver o empreendedorismo e dar voz a jovens que vivem em condições de alto risco social. Mais informações: http://www.institutoquero.org