Resultado da Enquete sobre Inclusão



O tema da última enquete, promovida pelo site da ACMD, tratou sobre a inclusão de crianças e adolescentes portadores de deficiências nas escolas de Ensino Regular. Houve, no total, 205 votos. A maioria (46.34%) considerou que somente os casos mais severos de deficiência mental devam ser assistidos por uma Escola de Educação Especial e que todos os demais deficientes têm que ser incluídos em escolas comuns o mais breve possível.



Duas, das quatro alternativas da enquete, tiveram porcentagens bem próximas. Segundo a opinião de 25.85% dos internautas, a inclusão deve ser feita só depois que o Poder Público criar e executar um programa verdadeiramente eficaz de capacitação para todos os educadores sobre o tema. Já 23.9% das pessoas se mostraram totalmente a favor da inclusão. Elas defendem que devemos respeitar e aceitar todas as diferenças sejam físicas, visuais, auditivas ou mentais), até porque todos aprendemos muito com isso.



A minoria (3.9%) se posicionou totalmente contra a inclusão, porque acredita que os alunos deficientes atrapalham o rendimento dos demais estudantes. Por isso, considera que todas as pessoas com deficiência devam ser encaminhadas a Escolas de Educação Especial.



A intenção dessa enquete foi contribuir para que as pessoas refletissem sobre esse tema tão importante. Há muitos anos, a ACMD vem praticando e apoiando diversas ações inclusivas – já que fazem parte da Responsabilidade Social que organizações e empresas têm que exercer. Felizmente, é cada vez maior a abordagem da inclusão dos deficientes por parte da mídia e da Sociedade Civil em geral.



Como uma das realizações recentes nesse sentido podemos citar a “Campanha da Fraternidade 2006” – que traz o tema “Fraternidade e Pessoas com Deficiência”. Essa iniciativa tem a finalidade de colaborar para aprofundar o conhecimento da população a respeito de questões relativas à inclusão e, com isso, diminuir o preconceito.