“Santos Criança” prevê integração total até o fim de 2009

Conforme divulgado recentemente na Imprensa, até o final do próximo ano os serviços públicos de atendimento à criança e ao adolescente devem estar funcionando em uma rede informatizada. O que tornará viável, na prática, o Programa Santos Criança, idealizado pela Prefeitura Municipal de Santos, e que tem o objetivo de integrar os serviços de todas as secretarias para proporcionar uma melhor assistência ao público de 0 a 14 anos.


 


Para que isso realmente aconteça, o Centro de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Sociedade – Cempec (um braço da Fundação Itaú Social), em parceria com a Unicef, está promovendo um curso (com duração de 18 meses) para servidores públicos e integrantes de entidades conveniadas.


 


Por meio desse treinamento, são capacitados para atuar no conceito de “educação integral”, ampliando os limites da escola. Este já é o segundo curso e acabará em abril de 2009, mas a capacitação é permanente. Outras turmas também receberão orientações.


 


O “Santos Criança”, lançado em 2006, possibilitará, por exemplo, que a escola consiga identificar com mais rapidez por que uma determinada criança está sem ir à aula e, conseqüentemente, buscar uma solução mais ágil para este problema.


 


Com esse novo sistema, cada criança terá direito a uma carteirinha de identificação, utilizada cada vez que recorrer a um serviço público. Também faz parte desse programa a destinação de verbas para o atendimento exclusivo à criança. Em 2009, foram destinados cerca de R$ 300 milhões. Já a previsão para o próximo ano é superior – por volta de R$ 350 milhões.