São Vicente ganha Casa do Adolescente


A cidade de São Vicente já conta com a Casa do Adolescente. A unidade oferece gratuitamente atendimento, a jovens com idades entre 10 e 20 anos – nas áreas da saúde, psicologia e social. A inauguração ocorreu em 7 de fevereiro. A Casa fica ao lado do Centro Educacional e Recreativo – CER – da Vila Margarida (Av. Caiamoré, 804).



O acompanhamento do desenvolvimento dos adolescentes é o foco principal. Para tanto, existe uma equipe composta pelos seguintes profissionais: médicos (pediatra, hebiatra e ginecologista), enfermeiros, psicóloga, assistente social, fonoaudióloga, fisioterapeuta, nutricionista e dentista. A expectativa é atender, em média, 300 pessoas por dia.



A casa do Adolescente, localizada em São Vicente, é a primeira do Estado fora da Capital. A escolha do município ocorreu devido a uma situação preocupante. Pois, das cidades da Baixada Santista, São Vicente é a que apresenta taxas mais elevadas em relação à vulnerabilidade dos jovens, à pobreza e à gravidez na adolescência.



Lá, o índice de gestação entre as jovens é de 19% (dois pontos percentuais acima da média Estadual que é de 17%). Outra meta da Casa do Adolescente é combater a mortalidade infantil, uma vez que o número de mortes aumenta proporcionalmente à precocidade da gravidez.



Em âmbito estadual, o Programa da Casa do Adolescente recebe o apoio das Secretarias da Saúde e da Assistência e Desenvolvimento Social. Já na esfera municipal, conta com a colaboração das Secretarias de Relações Governamentais, Saúde, Cidadania e Ação Social, Educação e do Fundo Social de Solidariedade.



Além da assistência aos adolescentes, a unidade poderá, eventualmente, estender suas ações aos pais, com a finalidade de ampliar seus conhecimentos e estimular o diálogo nas famílias.