Término do prazo para doações aos Fundos da Criança


Acaba em 30 de dezembro (sexta-feira) o prazo para que sejam realizadas doações – dedutíveis no Imposto de Renda (IR) de 2006 – aos Fundos da Criança e do Adolescente.


As doações só podem ser feitas por quem declara o IR, no modo completo. Elas têm que ser calculadas de acordo com o valor do Imposto a pagar. Pessoas Físicas podem dar, ao Fundo, até 6%. No caso da Pessoa Jurídica, o valor máximo a ser encaminhado é de 1%. Esses limites são estabelecidos pela Lei 8242/91 – a qual permite a doação e sua respectiva restituição no ano seguinte.


Para efetuar essa ação solidária, é preciso que os contribuintes façam um depósito, em dinheiro, em uma conta corrente, em nome de um dos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente.




Depois, o doador deve entrar em contato com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) para que seja emitido um recibo comprobatório da doação – este tem que ser enviado à Receita Federal para que seja efetuada a restituição.


Para saber informações especificas sobre os Fundos das diferentes cidades da Baixada Santista, entre em contato com os Conselhos Municipais de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).


Praia Grande – 3473.3343


Santos – 3261.5508


São Vicente – 3579.1388


Bertioga – 3317.1212


Cubatão – 3361.4656


Guarujá – 3355.3198


Itanhaém – 3422.1228


Mongaguá – 3448.2244


Peruíbe – 4557.7849