Várias novidades nas Oficinas Querô

O Instituto Querô, parceiro da ACMD, que desenvolve o projeto Oficinas Querô, está com várias novidades. Será exibida uma matéria sobre o projeto no programa “Ação”, da Rede Globo, apresentado por Serginho Groisman. A transmissão ocorrerá no penúltimo sábado deste mês (dia 24), às 7h30. Além disso, as Oficinas estão realizando um curta-metragem sobre surfe adaptado. Há também outro curta – chamado “De Velha Basta Eu!”, feito pelas Oficinas no ano passado – que atualmente está participando do Festival CINEME-SE. E, mais ainda, o projeto “Querô na Escola”. 


As gravações do “Ação” ocorreram no inicio de junho, durante três dias. Foram entrevistados alguns participantes do projeto e seus familiares – além, é claro, dos responsáveis pelo Instituto Querô. Depois que for ao ar, haverá reprises no Canal Futura, na tv a cabo – nos seguintes dias e horários: quinta-feira (15h30), sexta-feira (03h) e sábado (13h). Em breve, provavelmente, o programa também poderá ser visto pelo site da Globo.


Já na segunda quinzena de junho, o Instituto Querô gravou o documentário “Aloha” a respeito do surfe adaptado praticado no litoral paulista. Foi desenvolvido por adolescentes egressos das Oficinas, em parceria com a produtora Querô Filmes. O roteiro recebeu um prêmio em dinheiro para custear a filmagem, através de um edital do Ministério da Cultura. Ainda como parte da premiação, o curta será exibido em mais de 40 emissoras de tv por todo o País. Durante o documentário, os próprios surfistas apresentam suas histórias de superação e seus sentimentos com relação ao esporte.


Quanto ao curta-metragem “De Velha Basta Eu!”, foi escrito e dirigido por Victor Luiz dos Santos (um dos sócios da Querô Filmes e formado pelas Oficinas na turma de 2006). O enredo é ficcional e conta a história de uma senhora que levava uma vida muito reprimida e, depois de ter ficado viúva, resolve se libertar. O filme será exibido no próximo dia 16, a partir das 14h45, na sala 32, do SESC de Santos – durante a programação do Festival CINEME-SE.


Para finalizar, o projeto “Querô na Escola” é promovido pelo Instituto Querô, em Parceria com a Prefeitura Municipal de Santos e a empresa Comgás. Por meio dessa iniciativa, jovens formados pelas Oficinas visitam escolas municipais para exibir seus filmes e estimular que educadores e alunos também produzam curtas. Acesse o blog do projeto e interaja com eles.