Vice-governador de São Paulo, Márcio França, recebe membros da ACMD e MACF

17554429_1323814294363474_300519194594681999_n

17554429_1323814294363474_300519194594681999_n

Na tarde do último dia 27 de março, o vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França (PSB) recebeu em seu gabinete, no Palácio dos Bandeirantes, o presidente do Conselho da ACMD, Eduardo Vianna Júnior, os conselheiros, Ronald Luiz Monteiro e Marcelo Bechelli Monteiro, além do representante do Movimento de Apoio a Cidadania Fiscal (MACF), Aparecido Martins, da ONG Reciclázaro. A ACMD também faz parte do movimento. No encontro, o tema abordado foi a alteração no Programa Nota Fiscal Paulista (NFP), que prejudicará diversas entidades no Estado.

O presidente da ACMD relatou as dificuldades que serão enfrentadas pelas ONGs, em decorrência das alterações da NFP e ponderou que o programa financia e envolve diversos projetos sociais, que beneficiam milhares de pessoas no Estado de São Paulo. “O MACF está desenvolvendo um balanço social que poderá mostrar um panorama dos benefícios da NFP não só para as entidades, mas principalmente por todo o serviço que elas realizam em prol do bem comum, em diversas áreas da assistência social”, afirma Vianna Júnior.

O vice-governador explicou que as mudanças na NFP foram feitas porque há fraudes na aplicação dos recursos e que o Estado não tem capacidade de fiscalizar mais de 4 mil ONGs beneficiadas, mas que está ciente do problema da falta de recursos das entidades. “Eu sugiro que o MACF faça um documento detalhado sobre aplicação dos recursos recebidos pelo programa e o impacto social, para que possamos levar ao governador Geraldo Alckmin e tomarmos a melhor decisão para todos”, disse França.

Serviço
A pesquisa que está sendo desenvolvida pelo MACF contou com a participação de 80 instituições e será divulgada no próximo dia 11 de abril, às 10 horas, na APAE de São Paulo – Rua Loefgren, 2109 – Vila Mariana.