Violência sexual infanto juvenil será tema de reuniões mensais

Criar um serviço específico para atender as vítimas de exploração sexual infanto-juvenil, além de promover reuniões periódicas com os profissionais que atuam nessa área. Estas foram algumas das principais decisões tomadas, durante o VIII Encontro Municipal de Enfrentamento da Violência Sexual Infanto-juvenil, encerrado em Santos, em 18 de maio (Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes).


A primeira ação acontecerá em 10 de junho, integrando a reunião da Comissão de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-juvenil (Ceviss). Segundo divulgado, esta Comissão pretende elaborar um projeto para captar recursos, com o objetivo de atuar, ainda este ano, junto de meminas e meninos vitimizados.


Infelizmente, casos como estes ainda acontecem com freqüência e, geralmente, estão mais perto do que se imagina. Em Santos, por exemplo, O Jornal A Tribuna fez uma série de reportagens sobre o assunto, nos meses de março e abril. Em uma delas noticiou um flagrante feito pela Polícia Militar, no centro da Cidade.


Alguns espaços no Porto também são considerados como nichos para estes crimes. Clique aqui para reler matéria que a ACMD publicou a respeito desse tema, no ano passado.